Lipoaspiração: o que é, quando é indicada e que complicações podem surgir

0 5

A busca pelo corpo perfeito já é algo bastante conhecido de todos, e a quantidade de clínicas e profissionais que surgem oferecendo tratamentos e soluções para os mais diversos tipos de problemas é enorme.

A lipoaspiração é um dos tratamentos mais procurados por homens e mulheres que não se sentem satisfeitos com a própria imagem.

Entenda mais sobre o que é a lipoaspiração, quando ela é indicada e que tipo de complicações podem surgir quando você se submete a esse tipo de procedimento cirúrgico.

O que é a lipoaspiração?

A lipoaspiração é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo a retirada da gordura localizada em várias partes do corpo.

Essa gordura é retirada através de cânulas, e na grande maioria dos casos o total de gordura retirada do corpo do paciente não ultrapassa 5% de seu peso total.

A cirurgia de lipoaspiração pode ser classificada como pequena, média ou grande considerando-se tanto a parte do corpo onde será realizado o procedimento quanto a quantidade de gordura que será retirada.

Quanto tempo dura uma lipoaspiração?

A duração de uma lipoaspiração pode ser bem variado pois deve-se levar em consideração tanto a extensão quanto a área do corpo que será expirada.

Em média esse procedimento tem uma duração entre três e quatro horas.

Qualquer pessoa pode fazer uma lipoaspiração?

Há bastante confusão sobre a finalidade da lipoaspiração, já que ela não é considerada um tratamento para perda de peso e obesidade, mas sim um procedimento estético realizado apenas para modelar o corpo quando este não responde mais aos exercícios e dietas propostos com a mesma finalidade.

Por isso esse tratamento só deve ser realizado por pessoas que tenham gordura localizada, desde que não com a intenção de emagrecer ´para resolver um problema de obesidade.

Quanto tempo leva para se recuperar de uma lipoaspiração?

O prazo de recuperação de uma cirurgia de lipoaspiração pode variar de um paciente para outro.

Nos primeiros trinta dias é comum que o paciente ainda esteja bastante inchado, o que inclusive influencia no seu peso, que permancerá o mesmo de antes da cirurgia.

Depois dos primeiros sete dias após a realização da cirugia o paciente já consegue retornar as suas atividades profissionais, desde que elas não exijam esforço físico. Nesse período é possível que sejam receitados analgésicos para ajudar a diminuir possíveis dores e desconfortos que possam surgir.

É só depois de mais ou menos um mês de realizada a lipoaspiração que o paciente poderá voltar a realizar atividades físicas

Quais são as complicações de uma lipoaspiração?

Assim como qualquer outro tipo de cirurgia, na lipoaspiração também existem possíveis complicações.

Entre essas complicações estão:

  • Infecções;
  • Tromboembolismo pulmonar;
  • Trombose;
  • Óbito;
  • Alteração da cor da pele;
  • Necrose;
  • Rugosidade e flacidez;
  • Depressão da região tratada.

Além disso é possível que os resultados não sejam plenamente satisfatórios, mas nesses casos pouco se pode fazer.

Conclusão

Se você não consegue mais obter resultados satisfatórios na modelagem do seu corpo com exercícios e dietas e possui gordura localizada em uma ou mais partes do corpo, a lipoaspiração pode ajudar a resolver o seu problema.

Porém, é preciso estar ciente dos riscos e possíveis complicações que podem ocorrer, assim como ter claro que este não é um tratamento para obesidade.

Antes de tomar uma decisão que envolva qualquer tipo de procedimento cirúrgico procure um especialista para que ele possa ajudar a encontrar a melhor alternativa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.