Implante capilar: entenda o que é, como a técnica é aplicada e muito mais

0 5

A calvície é um problema que afeta milhões de pessoas em todo o Brasil, e homens e mulheres estão sempre em busca de soluções para acabar com esse tipo de problema.

Nesse artigo você vai conhecer mais informações importantes sobre implante capilar, o que é, como é feito e outras informações que podem te ajudar na hora de escolher o tratamento mais adequado para o seu caso.

O que é o implante capilar?

O implante capilar é um tipo de cirurgia que produz resultados imediatos, uma vez que é realizado com a utilização de fios sintéticos.

Esses fios são enxertados nas áreas afetadas pela calvície, e com o passar do tempo podem acabar sendo rejeitados pelo organismo, pois os fios utilizados não são produzidos com materiais totalmente biocompatíveis.

Por isso esse tipo de procedimento não é realizado com tanta frequência quanto o transplante capilar nas clínicas brasileiras.

Como é feito um implante capilar?

O implante capilar é feito através do enxerto de fios capilares produzidos em material sintético.

São feitas micro incisões nas regiões afetadas pela calvície que receberão os novos fios, que são então colocados uma a um nessas incisões.

O tempo de duração desse procedimento vai variar muito de um caso para outro, pois é preciso levar em conta o tamanho da área onde o procedimento será realizado.

Por se tratar de uma técnica que contém um índice de rejeição dos novos fios pelo organismo, normalmente também é necessário o uso de medicamentos específicos, o que pode tornar o procedimento inviável para muitas pessoas.

Qual é a diferença entre transplante capilar feminino e o masculino?

Basicamente a técnica utilizada em um implante capilar feminino é a mesma aplicada nos pacientes do sexo masculino.

Esse procedimento poder ser realizado com as técnicas FUE ou FUT.

Na técnica FUE (Folicular Unit Extraction), os fios são retirados, e depois cada um deles é dividido em pequenas partes que serão enxertadas nas regiões afetadas pela queda permanente.

A técnica FUT (Folicular Unit Transplantation) é um pouco mais invasiva, pois é retirada uma faixa do couro cabeludo do paciente onde os fios não tenham sido afetados pela calvície, colocando essa faixa nas regiões onde a perda dos folículos capilares já é permanente.

Quando o transplante capilar é indicado?

Para os homens o transplante ou implante capilar é indicado quando há perda de cabelos acentuada em uma ou mais áreas do couro cabeludo, principalmente na parte superior da cabeça.

No caso das mulheres que sofrem com a calvície feminina, talvez o transplante ou implante possa ser útil quando for notado que a queda em determinadas regiões é mais acentuada do que nas demais, já que a queda de cabelos nas mulheres costuma se espalhar por diversas áreas da cabeça e do couro cabeludo.

Pode haver complicações?

Dificilmente um implante capilar pode trazer complicações graves para os pacientes que submetem ao tratamento.

Nos casos de pacientes que escolhem o implante de fios artificiais é comum que depois de algum tempo o organismo acabe por rejeitar o material implantado, e o procedimento precise ser refeito.

Conclusão

Se você já sofre com os incômodos da calvície e já tentou resolver o problema com tratamentos baseados em medicamentos e sessões de laser, mas não obteve resultados satisfatórios pode ser o momento de optar pelo implante capilar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.